domingo, 30 de março de 2014

NAO HENTUHO? Uma cruz pela Lagoa da Vela?

Há alguns meses atrás, durante uma caminhada matinal que efectuei em Novembro de 2013, dei com esta cruz de madeira original, colocada por mãos anónimas em cima de um monte de entulhos agrícolas despejados na margem Sudeste da Lagoa da Vela! (Será esse local da lagoa conhecido por Canto dos Carvalhos?)  
Sim, em pleno século XXI, ainda há algumas pessoas que vão despejar entulhos agrícolas nas Lagoas da Gândara, infelizmente! E até entulhos da construção civil já vi (e fotografei)!

NAO HENTUHO?
During a morning hike in November of 2013, i saw a wooden cross, placed by anonymous hands above a pile of agricultural waste, illegally dumped in the South area of Lagoa da Vela. (This "lagoon" is the biggest fresh water lake of the region. There are lots of pictures and informations about the Lagoa da Vela, a beautiful ecosystem, in other posts of this blog.)

The words written in the cross, "NAO HENTUHO", have misspellings. Perhaps the anonymous person wanted to write "NÃO ENTULHE" ("Do not dump agricultural waste here")?




Localização / Location:

terça-feira, 25 de março de 2014

O "quase aeroporto" da Gândara!

Há cerca de década e meia atrás, por volta dos anos da viragem do milénio (e do século), existiu na Gândara um projecto que previa a construção de um grande aeródromo, com capacidade para funcionar na prática como um pequeno aeroporto, podendo receber pequenas aeronaves regionais de passageiros (20-50). Para além das infraestruturas básicas de um aeródromo (como pista, zonas de estacionamento de aeronaves e viaturas, torre de controle, hangares, oficinas, locais de abastecimento de combustíveis e outros edifícios de apoio), o projecto incluiria ainda uma unidade hoteleira e uma escola de pilotagem.

Este grande aeródromo (ou pequeno aeroporto), seria construído na Freguesia da Tocha, sendo localizado a algumas centenas de metros a oeste dos actuais Complexo Desportivo e Zona Industrial da Tocha, numa zona de floresta e dunas.

Este ambicioso projecto foi realmente iniciado, tendo sido efectuadas as obras de terraplanagem dos locais de construção da pista e das infraestruturas associadas. Contudo, pouco tempo depois, por motivos que eu desconheço, as obras pararam e o projecto foi abandonado, assim permanecendo até hoje.

Deixo aqui algumas fotos tiradas no "quase aeródromo / aeroporto", em  Novembro de 2012. Dei por lá uma volta de BTT há duas semanas e pude comprovar que as fotos se mantêm actuais.

Quanto aos montes de areia depositados na "pista", penso que serão provenientes de obras de terraplanagem efectuadas para ampliar a zona industrial da Tocha e/ou uma exploração agrícola, situadas nas proximidades. O facto de estas areias estarem a ser depositadas neste preciso local, parece ser um claro sinal indicativo de que o projecto se encontrará definitivamente "morto e enterrado", à semelhança do que aconteceu com muitos outros projectos espalhados por todo o país.

The "almost airport" of the Region of Gândara!

In the years around the year 2000, there was a project to build a big aerodrome / small airport (which included a hotel and a flight school), with capacity to receive small regional airliners (20-50 passengers). This big aerodrome / small airport, was to be built in an area of forest and sand dunes, in the Civil Parish of Tocha (and Municipality of Cantanhede).

The construction works were initiated, with the earthworks of the area. But, some months later, the works stopped (for reasons unknown to me), and never resumed again. More than a decade later, everything seems to indicate that the project is definitely dead.

Many stories like this one, happened with many other projects, throughout Portugal.

I let here a few photos, taken in this area, in November of 2012.
  












Localização / Location:


View Larger Map