terça-feira, 10 de fevereiro de 2015

A Fonte da Luz dos Quadros:

Entre as pequenas aldeias de Zangas, Tromelgo e Canosa, situadas na Freguesia de Ferreira-a-Nova (no Concelho da Figueira da Foz), existe uma pequena fonte tradicional com um nome curioso e invulgar, chamada "Fonte da Luz dos Quadros". Localiza-se no fundo de um pequeno vale, perto de uma ribeira. Nas proximidades da fonte existe igualmente uma pequena área de lazer, com parque de merendas.
Não faço a mínima ideia de onde terá vindo o nome desta fonte! Se houver algum habitante local que por aqui passe, conhecedor da fonte e da sua história, agradeço-lhe que utilize a caixa dos comentários para partilhar connosco o que sabe acerca dela.
Deixo aqui algumas fotografias do local, tiradas em Outubro de 2012, durante uma volta de bicicleta matinal.

The "Fonte da Luz dos Quadros":

Between the small villages of Zangas, Tromelgo and Canosa, all located in the Civil Parish of Ferreira-a-Nova (in the Municipality of Figueira da Foz), in a small valley with a stream, there is a small public water fountain, named "Fonte da Luz dos Quadros". There is a picnic area near the fountain.

This fountain has a name very unusual and odd. The portuguese word "quadro" means "board" or "frame" or "painting". So, the name of the fountain can be translated to "fountain of the light of the boards", "fountain of the light of the frames", or "fountain of the light of the paintings". I really don't know the history behind the odd name of this fountain!

I present a few pictures of this place, taken in October of 2012, during a bike ride.











Localização / Location:

6 comentários:

Fernando Oliveira disse...

Perto do local, existiu uma casa de família. Conheci a dona,viúva, que lá viveu, sozinha,durante muitos anos...Misteriosa, chamava-se Maria da Luz (a ti Luz)...Quadros é apelido de várias famílias da região. Dada a proximidade , a fonte ficou assim conhecida, até hoje...

Bruno E. Santos disse...

Caro Sr. Fernando Oliveira, agradeço-lhe o seu contributo para explicar este pequeno mistério que me intrigou. Confesso que esta explicação acabou por me surpreender pela sua aparente simplicidade.

Presumo que o mistério também tenha intrigado outros leitores, dadas as centenas de visualizações que este post teve nos últimos dias, algo que me deixou surpreendido.

Rodrigo Almeida disse...

E agora está lá ao abandono.

Bruno E. Santos disse...

Uma boa parte da Gândara, independentemente das Freguesias ou Concelhos, sobretudo nas áreas fora das localidades habitadas, está ao abandono, infelizmente.

Rodrigo Almeida disse...

Esta fonte mesmo ao lado de habitações não é frequentada tantas vezes por medo, parecendo que não, mas é um bom sitio para ilegalidades, porque senão fosse isso de certeza que víamos muitos pic-nic's.

Bruno E. Santos disse...

Penso que este parque de merendas não será muito utilizado mais por ser pouco conhecido na região, por não ter outros factores de atracção nas imediações (como lagoas ou praias), bem como por ainda não ter muita sombra, enquanto as árvores lá plantadas não crescerem mais. Até me pareceu ser um local bastante tranquilo.